Destaques das Estampas da Semana de Moda de Milão

October 16, 2017

 

A primavera 2018 da Semana de Milão foi bem feminina. Os florais foram o grande destaque, em padrões delicados e românticos, e também em estampas marcantes e super coloridas. Os florais clássicos e femininos, assim como o romantismo em modelagens de vestidos e peças com ar de boudoir estiveram de volta em várias coleções, dando um tom "girlie" aos looks.

 

 

Florais também apareceram em padrões Bold, gráficos ou pincelados, mas sempre em cores vibrantes e padrões de proporções maiores, impossíveis de passarem despercebidos.

 

 

As coleções italianas sempre trazem muitos padrões Animal Print. Nesta primavera, não foi diferente. Mas se destacaram, além dos típicos padrões de peles, estampas figurativas de animais, e estes vieram de todos os tipos, zebras, lagartos, pássaros, e muitos peixes!

 

 

As listras, tão presentes nas outras Semanas de Moda desta primavera, também estiveram presentes em Milão, mas na maioria das coleções, mais tradicionais e menos coloridas.

 

 

Outra tendência presente em NY e Londres que se confirmou aqui, mesmo que em menor quantidade, foram os tingimentos, Tie Dyes e processos artesanais de estampas. Com destaque para a coleção de Stella Jean, que teve o Tie Dye como um elemento bem forte em seu tema.

 

 

E seguindo a estética Boho dos tingimentos, várias coleções também ainda resgataram padrões étnicos indianos, como clássicos Paisleys, temas marroquinos e padrões de lenços em novas leituras.

 

 

E "aquela camisa de surfista", dos padrões Tiki, que já vem aparecendo há algumas temporadas, aqui veio em várias coleções de forma bastante literal algumas vezes, com a estética claramente inspirada nas camisas havaianas, e outras, ainda, em vestidos e peças mais finas, mas ainda com o padrão de florais bicolores ou paisagens tropicais.

 

 

O Pop também apareceu com destaque nesta primavera. Referências aos quadrinhos, e à Pop Art estiveram presentes em algumas coleções. Os Comics foram tema na coleção de Prada (em uma coleção feminista que homenageou criadoras de comics e mangás), e Versace incluiu Pop Art em um desfile em homenagem a seu criador Gianni Versace, que teve releitura de vários clássicos da própria marca.

 

 

Ainda nesta onda mais pop e para o público mais jovem, várias estampas localizadas e peças inspiradas em t-shirts, com colagens e sobreposições de imagens, em Silk Screen ou digitais.

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

O dia que voltei aos Tingimentos Naturais

March 31, 2017

1/2
Please reload

Posts Recentes

May 3, 2018

September 19, 2017

September 9, 2017

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags